BIOGRAFIA

O esporte sempre esteve presente na vida de Xalo Almeida. Nascido em uma tradicional família de lutadores de Jiu-Jitsu (sendo a terceira geração de professores faixas preta de sua família). Xalo disputou também campeonatos de skate e capoeira, fazendo-o um multi-atleta e professor.

No paintball, seu primeiro contato com o esporte foi no início da década de 90 em São Paulo. Formou com alguns amigos a equipe Samurai, obtendo destaque nos campeonatos que participavam. Em 1999 Xalo voltou ao esporte com a equipe Coiotes, e com o time do Rapinas jogou campeonatos nos países da américa do sul. Xalo se dedicou muito ao paintball e em 2004 foi aceito para fazer parte do time profissional Russian Legion, indo morar em Moscou para trabalhar e viver do esporte.

Jogou a temporada de 2004 com os russos, ganhando diversos campeonatos na Rússia e na Europa Fez grandes amizades, especialmente os meninos da FLO41 (Dan Maskell, Mikko Huttunen e David Copsey).
Xalo diz ter sido fundamental para sua carreira de atleta e professor a base e a experiência que aprendeu na escola russa de paintball:

Minha temporada na Russia foi marcante, treinávamos de cinco a sete horas por dia e seis dias por semana. O Russian Legion foi o primeiro time 100% profissional no esporte. Ele abriu diversas portas em minha carreira, e se até hoje respiro e vivo paintball, devo muito a equipe russa, diz Xalo.

Também em 2004 Xalo e seu amigo Marcelo Camargo criaram a equipe Jungle Boyz, com a ideia de formar o primeiro time “sério” da América do Sul. Reuniram os jogadores mais talentosos da época e treinaram em cima do “básico russo”. Em questão de meses o time já era referência em toda a américa do sul e continua o legado de vitórias até os dias de hoje.

Em 2005 Xalo foi convidado a jogar pelo Baltimore Trauma da Carolina do Norte. Em sua primeira semana com o time, Xalo ficou encantado com a união e o espirito dos “WCK”. Infelizmente, devido a problemas contratuais com sua antiga equipe, Xalo não pôde continuar com o Trauma. Ainda em 2005 o carismático Doc Draper convidou-o para juntar-se aos Jacksonville Raiders da Florida, para jogar e ajudar o time com treinamentos. Foram duas temporadas muito boas ao lado dos atletas do Doc’s Raiders, onde sagraram-se campeões da World Cup (Copa do Mundo) contra os X Factory do Texas.

Em 2007 Xalo foi convidado para um teste com o Los Angeles Iron Men da California, onde reencontrou seu grande amigo Mikko Huttunen. Com o LA Iron Men foi campeão das temporadas 2007 e 2008 e das respectivas World Cup de 2007 e 2008. Xalo ficou muito emocionado ao ver as bandeiras dos países representados pelos seus jogadores profissionais na copa do mundo de 2008 – dentre elas a bandeira do Brasil. No LA Iron Men Xalo teve a oportunidade de jogar, treinar e aprender com grandes lendas do esporte, como Oliver Lang, Nick Cuba, Billy Wing, Mikke Paxson, Mikko Huttunen, Johnny Perchak, Marcello Margott, Shane Pestana, Ryan Williams, Alex Goldman, Greg Siewers, Scott Kemp, Brandon Short, Mister U entre outros.

Ao entrar para o time da Califórnia ganhou patrocínio e tornou-se representante da Dye Precision2 para a américa do sul. Com grande incentivo da Dye, Xalo teve a oportunidade de ajudar e fomentar o esporte em toda a américa latina. Ministrou dezenas de cursos, jogou diversos campeonatos com times locais e patrocinou cerca de 30 times e campeonatos. Xalo fez grandes amizades e trouxe diversos atletas profissionais americanos para ensinar na américa latina.

Em 2009, Xalo, cansado de tantas viagens e depois de conquistar os títulos mais expressivos no mundo do paintball, decidiu ficar mais tempo no Brasil ao lado de sua familia e ir atrás de novos objetivos. Jogou ainda alguns campeonatos nas temporadas de 2009 e 2010 no continente sul-americano e continuou ministrando cursos ao redor do Brasil.

Em 2010 mudou seu foco para a arte de criar e trabalhar com cavalos, uma paixão que o acompanha desde pequeno. Com a sempre ajuda e incentivo do seu “pai de coração” o saudoso “Betão” Varlotta, Xalo entrou de cabeça nesse novo mundo, viajando frequentemente para o interior de Minas Gerais, com destaque especial para o saudoso mestre Delio Naves Barbosa, que é considerado por Xalo um grande amigo, mestre, incentivador, mentor e pai.

De volta ao paintball, em 2014, Xalo é convidado pelo visionário Rodrigo Fukuoka a fazer parte de um projeto inovador no paintball brasileiro. Xalo teria como objetivo treinar e jogar pela equipe Mega Play, ao lado de seu amigo e ídolo André Lopes. André “Speed”, como é conhecido, foi o primeiro brasileiro a jogar profissionalmente nos EUA. Xalo inspirou-se muito em André para sua carreira.

O projeto Mega Play teve dois anos de duração e foi uma ótima experiência. Xalo percebeu que no Brasil, com pessoas como Rodrigo Fukuoka, o esporte pode sim ser levado a níveis sérios e profissionais. Em 2016, com o final do projeto Mega Play, Xalo volta a fazer parte de seu antigo time, Jungle Boyz, ao lado do renomado jogador profissional Osvaldo Lopes. Xalo, Osvaldo e o Jungle Boyz conquistam ótimos resultados na temporada 2016.

Para a temporada de 2017 Xalo representara os times Helsinki Cyclone na Europa (Millenium Series) e Jungle Boyz na America do Sul

Xalo Almeida ministrou cursos, treinou equipes e jogou campeonatos profissionais em diversos locais como: Argentina, Aruba, Brasil, Chile, Costa Rica, Equador, EUA, Finlândia, Inglaterra, Peru, Portugal, Russia e Venezuela, tendo jogado cinco temporadas como profissional na Europa e EUA com e contra as principais equipes profissionais do mundo.


1Legião Estrangeira em inglês.
2Umas das principais empresas de paintball dos Estados Unidos.
3Liga europeia de paintball.

xaloalmeida

Russian Legion

russian_legion

Baltimore Trauma

trauma_xalo

Jacksonville Raiders

jacksonville

Los Angeles Iron Men

iron_men_xalo